sábado, 18 de junho de 2011

COMO ADAPTAR/ LIMPAR UM VISUAL DE DESFILE DE MODA? Ju Young Lee



    Looks da marca sul-coreana  Resurrection  por Ju Young Lee apresentada durante as prévias de primavera/ verão 2011 em Seul e Nova Iorque. Quem tiver informações adicionais sobre a grife e as várias outras (até então desconhecidas por mim e por certos leitores), compartilhe.

    A coleção é caracterizada pela presença de tons neutros, tecidos brilhantes e leves.Os kilts são "semikilts", aquele kilt semi aberto com tecido somente na lateral e usado com calça, este tipo de modelagem já foi tema aqui nos desfiles anteriores e necessita de adaptações.





1- As sandálias devem ser eliminadas por não acompanhar a linha gótico-austeridade, use um coturno ou sapatos sociais. Gostou da renda da meia? Você pode usá-la como manga comprida justa, creio que nos braços ficará muito mais graciosa e se fará até mais presente. O cinto é bonito e pode ser usado. O semikilt necessita ser fechado ou eliminado, uma possibilidade seria usá-lo na altura da canela, perto de onde termina o legging (que também é dispensável). Se for usar a renda nos braços, prefira um kilt bem longo para favorecer o estilo "gótico-austeridade" e invista em maquiagem (sombras roxas, pretas etc sem exagero)

2- As mesmas sugestões do look anterior. Única ressalva: as sandálias daqui são bem masculinas, parecem um coturno estilizado, mas se for usar as rendas como mangas e montar um look austero, prefira sapatos sociais.

3- Os bolsos ao longo da camiseta constituem uma proposta criativa (é diferente) e prática (muitos bolsos), mas ofuscam o brilho da camiseta que precisa ser mostrado. Duas possibilidades: modificar o tecido ou eliminar os bolsos, se preferir a última saiba que tal tecido é preferível usar à noite. A calça é muito bonita e como é muito comprida convém usar uma bota ou coturno para segurar a barra. Sempre que me refiro à botas, não estou fazendo alusão a sapatos com um cano curtíssimo, falo de botas militares como coturnos ou botas de cavalaria, ok? Tênis ou sapatos com um caninho jamais deveriam ser chamados de botas! Mesmo porque as sandálias lembram sandálias femininas e você já está usando uma camiseta brilhante...

Você pode eliminar a calça e usar o kilt que deve ser mais convencional e não este semikilt. Você pode sim adaptar o kilt tradicional (liso na frente e pregueado atrás) e usar tudo pregueado, mas escolha um modelo abaixo dos joelhos.

Os três looks permitem aplicar crucifixos, cintos de rebites, suspensórios e maquiagens góticas, estão ótimos para uma balada.





1-  As adaptações são quase as mesmas. A proposta da transparência nas pernas é, teoricamente, sensualizar, mas como isto acontece com as mulheres, é mais luxuoso andar com as pernas nuas ou com meias grossas. Novamente, indico usar tal mousseline como segunda pele. O modelo parece vestir uma capa de tecido bem fino por baixo, você pode trocar a calça curta por um kilt e encurtar a tal capa. Sandálias, a mesma regra de antes.

2- Idem

3- Couro total. Aqui a sandália que parece coturno estilizado combina com o resto do look. Cuide apenas de eliminar o semikilt. A bermuda de couro pode ser usada sem nada em cima ou trocada por um kilt de couro se é que isto seria possível...





Os looks de calças. 
Como muitos apreciam calças capri separei tais looks.



1- Conjunto belo! Convém usar uma camisa por baixo e calçar sapatos. Sugestões de cores para a camisa: azul petróleo, branco, preto...

2- Pode estar tudo ok, mas talvez seja mais discreto usar um casaco/ sobretudo no mesmo tom preto, mas aí a existência da sandália tornar-se-ia algo a pensar...

3- Plenamente usável, mas isto não impede que você faça as modificações que lhe agradem. 

4- Fraque lindo! Estampa sublime! Troque a sandália por sapatos e meias 3/4. A capa usada por baixo de tudo deve ser substituída por uma camisa. Este tecido entre a calça (muito bonita por sinal) e o fraque deve ser removido.



Todos os looks da coleção me agradaram, veja todos

Um comentário:

Moda de Subculturas disse...

Acho que os semi kilts, embora um pouco complicados de fazer uma composição para um homem "normal", são uma boa forma de inserir aos poucos a idéia de saia num guardarroupa masculino.