quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

TRAJE ESCOCÊS 1865


Obra de 1865 de Sir Edwin Henry Landseer.
A versão PB é de 1870.


  
     Para quem não sabe, eu vesti um traje escocês 1865 réplica do traje usado por Mr. John  Brown, servo da rainha Victoria do Reino Unido, no Passeio Fotográfico e I Chá das Cinco no grupo de Recriação Histórica/ Revivalismo que coordeno com outras pessoas que também vestiram trajes belíssimos. 

    
Kilt


Foi confeccionado em oxford por minha costureira, saiu R$90,00. O ideal era fazê-lo com pregas menores e somente atrás e nem tanto nas laterais como se faz atualmente. Pedi então para aumentar cerca de 10cm a parte lisa e fiz o kilt na canela para poder usar para o John Brown e também noutras situações como a foto no parque em Barueri.

No dia do Chá eu usei como cintura alta.




Camisa, paletó e colete (facultativo) eu usei em versões modernas e simples adaptando na hora de vestir. A camisa era branca de mangas curtas, nem necessitava aparecer as mangas curtas, o colete era cinza e facultativo, já o paletó é preto e com golas menores, o cravat era uma aplicação de duas fitas de cetim. Como vocês podem perceber nessa minha descrição, tudo foi muito simples. O paletó preto deu trabalho encontrar e ficar bem no corpo, comprei no Santuário de Santa Edwiges por R$4,00 acho.




Sporran


Inicialmente, era a bolsa-carteira que comprei da queridíssima Luciana Campos. Coloquei uma alça e minha peruca Luís XV guilhotinada (Allons enfants de la patrie....) ao invés da pele de coelho.










Chapéu/ Boina.


Originalmente um chapéu masculino tradicional adquirido na Vigésima Quinta Avenida, porém eu cortei as abas e apliquei a fita de cetim em volta e na parte de trás com um bótom da rainha que mandei fazer numa loja só de bótons, como eles só aceitam encomenda de 20 bótons, mandei fazer os 20 e está sobrando, se alguém se interessar, eu posso vender...









Meias e sapato.


Meias pretas de futebol (3/4) da Cruz de Malta, comprei no armarinhos do lado de casa. O sapato mocassim ganhei de minha mãe há meses para usar no dia-a-dia.






E mil agradecimentos à Patrícia Mandrágora por ter me acompanhado nesse traje....






Mais fotos do evento:

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

CASAMENTO! parte 1



Resolvi fazer este post sobre kilts e trajes para casamento! É claro que adotar um look genuinamente escocês somente faria sentido num casamento temático em que a noiva também vestisse algo diferente. 

Ao contrário do que se pode pensar, casar de kilt é algo mais próximo da cultura escocesa do que dos nossos atos contestadores de usar saia. Sendo assim, há empresas da Escócia e na própria Europa que fabricam um kilt de casamento e seus complementos com uma certa solenidade à la vestido de noiva. Assim como ocorre com a veste feminina, também é possível alugar kilt.


As lojas que comercializam kilts no exterior possuem uma seção para kilts formais, basta você lançar "wedding kilt" ou "prince charlie kilt" no google. São sites de países de língua inglesa, portanto, até Austrália tem kilteiros, olha a foto abaixo extraída do Brave Heart Café. Incrível! Alguém já imaginou a Oceania de kilt?






O assunto não é incomum em sites de casamento. Olha que interessante este quase tutorial feito no site britânico Weddingsday !         







As duas fotografias acima retratam um casamento numa aldeia na Baviera (Alemanha) e justamente por ter ocorrido num vilarejo de um país de outra cultura, o ministro que fez o casório fez uma grande divulgação e anunciou como o grande espetáculo que teve até gaita escocesa. Quem conta tudo em detalhes é o próprio noivo, um correspondente do site Your Kilt que recebe testemunhos e histórias sobre kilt no mundo inteiro.           





Recentemente, a Sana Skull do blog Moda de Subculturas fez uma pesquisa sobre casamentos alternativos tendo o site Rock n' Roll Bride (para acessar, visite o blog da Sana) como referência. Destaco abaixo os melhores casamentos kiltísticos.











Ah! E o Brasil entende de kilt em casamento, oras! O nosso leitor gaúcho Cleber Lorenzoni usou um belíssimo traje de padrinho de casamento.





terça-feira, 22 de novembro de 2011

Pochod Prahou 2008 Muži a suknì - Marcha de Praga 2007


    

    Tenho recebido e-mails e mensagens de associações estrangeiras, então nada mais justo do que escrever sobre sua atuação. 

    A organização tcheca Muži a suknì (Homens de Saia) realizou marchas públicas pelo direito de homens vestirem saias em 2007, 2008 e 2009. Abaixo, fotos e relatos de 2007





     Em 02 de junho de 2007 ocorreu a primeira manifestação a favor das saias reunindo militantes, curiosos e policiais em pleno centro de Praga.








Segundo o site, o evento foi bem pacífico e as pessoas debateram o tema. Acho que as fotos falam por si.














COMO ADAPTAR/ LIMPAR LOOKS DE DESFILE DE MODA? Mario Queiroz

 Looks do brasileiro Mario Queiroz do outono/ inverno 2009.






    As duas saias são abertas na frente imitando ou se inspirando talvez numa camisa ou jaqueta amarrada na cintura. Eu trocaria as composições. No primeiro look eu usaria a saia do segundo, porém fechada. já no segundo look usaria também fechada a primeira saia ou substituiria por um kilt marrom combinando assim com o resto da composição. Nestas duas possibilidades propostas, a calça e a bermuda seriam eliminadas.

     Os looks tal como foram apresentados são usáveis, mas eu não sei se usaria assim.


quinta-feira, 17 de novembro de 2011

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Concurso Lady & Lord Era Vitoriana



É com muita honra que divulgo o primeiro grande concurso de moda revivalista onde serei jurado juntamente com Pauline Kisner e Sana Skull. Informações, regulamento e procedimentos basta clicar na imagem abaixo.
Muito satisfatório saber que nosso blog é parceiro deste concurso! 










P.S.: Estou afastado do blog porque meu computador está com problemas. A previsão é retornar por volta do dia 15 de novembro com muitas novidades

terça-feira, 25 de outubro de 2011